DE MALAS PRONTAS RUMO AO NOVO ANO
LEVE APENAS O ESSENCIAL
“Um ano novo começa. Mas só vale se você se desvirar. Desvire a vida, os amores, os afetos. Arrume a alma. Faxine seu coração. Ponha a vida para andar.
Vida é renda de bilro. Teçamos o ano novo com capricho. Sem nós, sem embaraços. Nos melhores caminhos e nas mais lindas cores. Teçamos a vida que vamos vestir. No nosso número, sem apertos, sem sobras inúteis. Na plena beleza do que cada um merece e pode ter.
Dois, zero, Dois, Um essa é a senha para o recomeço”
(Texto adaptado de Mônica Raouf El Bayeh)
Um grande abraço para todos!
ERLINDA MARIA SILVA